Angélica Thomaz Vieira

Ciências da Vida

Angélica Thomaz Vieira é imunologista com formação em ciências biológicas pelo Centro Metodista Izabela Hendrix e mestre e doutora em imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Durante o doutorado ela esteve no Garvan Institute, Austrália. O pós-doutorado, também pela UFMG, incluiu uma passagem pelo Centro Nacional de Pesquisa Científica, em Strasbourg, França. 

Seu trabalho tem foco nas respostas inflamatórias e nas bactérias que vivem no intestino humano. Mas, além da complexidade envolvida em lidar com sequenciamentos genéticos, a bióloga considera que o maior desafio de sua vida foi a maternidade. Por isso, quando está fora dos laboratórios se dedica exclusivamente aos cuidados do pequeno Rafael e da primogênita Estela. Casada com um cientista, Vieira também é professora adjunta e coordenadora do Laboratório de Microbiota e Imunomodulação no departamento de Bioquímica e Imunologia da UFMG. 

Projetos

Alterações na microbiota intestinal contribuem para a seleção e disseminação de resistência antimicrobiana
Ciência / Ciências da Vida

A resistência a antibióticos é uma grande preocupação mundial. Sem ação efetiva, as Nações Unidas estimam que infecções resistentes a drogas possam causar cerca de 10 milhões de mortes por ano até 2050 e danos catastróficos. As medidas tomadas contra a resistência antimicrobiana não tiveram os efeitos esperados de contenção, o que sugere uma lacuna de conhecimento acerca do problema. O projeto visa conectar o aumento da resistência a antibióticos às alterações na microbiota (antiga “flora intestinal”) causadas pelo estilo de vida ocidental. De fato, as bactérias encontradas na microbiota humana são um importante reservatório para múltiplos genes de resistência que podem ser disseminados sob certas condições. A hipótese é que alterações na microbiota do hospedeiro causadas pela dieta ocidental contribuem para a seleção e disseminação da resistência antimicrobiana. Se verdadeiro, esse conceito tem o potencial de revolucionar a maneira como lidamos com a questão.

Recursos investidos

R$ 100.000,00

Instituições

  • Universidade Federal de Minas Gerais
  • Temas
  • antibióticos
  • flora intestinal
  • microbiota