Quem somos

O Instituto Serrapilheira, primeira instituição privada, sem fins lucrativos, de fomento à ciência no Brasil, foi criado para valorizar o conhecimento científico e aumentar sua visibilidade. No intuito de fomentar uma cultura de ciência no país, atuamos em duas frentes: Ciência e Divulgação Científica.

O que fazemos

No âmbito da Ciência, o Serrapilheira, além de identificar e apoiar pesquisas de excelência de jovens cientistas, promove treinamentos e eventos de integração. Quanto à Divulgação Científica, o instituto não só mapeia e apoia projetos das diferentes áreas, como sugere estratégias e propõe espaços de formação e colaboração entre os divulgadores brasileiros.

Desde sua criação, o Serrapilheira já apoiou 100 projetos de pesquisa e 35 projetos de divulgação científica. Saiba mais sobre nossos programas.

Quais campos apoiamos?

  • ciências naturais (ciências da vida, geociências, física, química);
  • ciência da computação;
  • matemática;
  • divulgação científica.

Nossos objetivos

Fomentar a pesquisa de excelência no Brasil por meio de:

  • apoio financeiro a projetos de pesquisa fundamental;
  • formação de jovens cientistas;
  • incentivo à colaboração científica interdisciplinar e internacional.

Construir uma cultura de ciência no país por meio de:

  • fomento a novas práticas discursivas sobre ciência e consolidação de sua distribuição para públicos diversos;
  • criação de espaços de diálogo e colaboração entre divulgadores e cientistas.

Estrutura

Nossa estrutura é formada pela Equipe Executiva, sob supervisão do Conselho Administrativo, ambos assessorados por um Conselho Científico internacional, o Scientific Advisory Board. Conheça aqui

De onde viemos?

Oficialmente lançado em março de 2017, o Serrapilheira começou a ser gestado em 2014. Os recursos são oriundos de um fundo patrimonial de R$ 350 milhões, constituído em 2016.

Ao longo dos três anos entre a criação e o anúncio público, nós nos dedicamos a conhecer modelos institucionais e visitar agências de fomento, fundações de apoio à ciência e organizações do terceiro setor, tanto no Brasil quanto no exterior. Também nos reunimos com pesquisadores brasileiros para entender como uma instituição privada poderia melhor atender à comunidade científica.

“Serrapilheira” é a camada formada pelo acúmulo de matéria orgânica, em diferentes fases de decomposição, que reveste o solo das florestas. É a principal via de retorno de nutrientes ao solo e um elemento fundamental para a fertilidade das florestas.