ModCovid19

Ciência / Covid-19

O distanciamento social tem um papel fundamental no controle da propagação do novo coronavírus na população. No entanto, os protocolos adotados preveem um distanciamento uniforme para todas as cidades de um estado. Seus efeitos podem ser potencializados e, ao mesmo tempo, seus impactos sociais e econômicos reduzidos se tais medidas levarem em conta as particularidades de cada cidade ou região. Isso porque cada local se encontra em um estágio diferente da evolução da doença, e suas capacidades hospitalares também variam significativamente entre si.

Por isso, um grupo interdisciplinar, liderado por pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria da Universidade de São Paulo (Cemeai/USP-São Carlos), desenvolveu um modelo cujo mecanismo matemático de controle permite simular quando, por quanto tempo e qual o nível de distanciamento deve ser implantado em cada localidade, a fim de evitar o colapso do sistema de saúde. O projeto ModCovid19 é apoiado no âmbito de uma parceria entre o Serrapilheira e o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR).

Pesquisadores envolvidos:

Tiago Pereira (coordenador) – ICMC-USP
Modelagem e interação entre cidades

Claudio Struchiner – FGV
Epidemiologia e Validação de Modelos

Dan Marchesin – IMPA
Simulação dos efeitos dos protocolos de isolamento nas cidades

Francisco Louzada – ICMC-USP / Krerley Oliveira – UFAL
Estatística e modelo preditivos para leitos

Gustavo Nonato – ICMC-USP
Big data, integração de dados e aprendizado de máquina

Paulo Silva – Unicamp
Otimização e problemas inversos para o isolamento

Recursos investidos

R$ 522.081,00

Instituições

  • Universidade de São Paulo
  • Universidade Estadual de Campinas
  • Instituto de Matemática Pura e Aplicada
  • Fundação Getúlio Vargas
  • Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino
  • Temas
  • Coronavírus
  • Covid-19
  • distanciamento social
  • epidemia
  • modelo matemático
  • pandemia