EPICOVID-19

Covid-19

Conduzido por um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Pelotas e coordenado pelo epidemiologista e reitor da UFPel, Pedro Hallal, o EPICOVID-2019 é o primeiro estudo brasileiro que investiga o número de infectados pelo novo coronavírus. O levantamento teve início no Rio Grande do Sul e conta com a parceria de outras universidades gaúchas. É uma iniciativa do governo do estado do Rio Grande do Sul e tem a participação do Ministério da Saúde para sua replicação em nível nacional.

Projetos

Evolução da prevalência de infecção por Covid-19 no Rio Grande do Sul: estudo de base populacional
Ciência / Covid-19

A Covid-19 é uma doença produzida pelo vírus SARS-CoV-2 que faz parte de uma ampla família de vírus que pode causar enfermidade em humanos e animais. Esse vírus tem se espalhado rapidamente pelo mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a classificar essa doença como uma emergência de saúde internacional e, posteriormente, declarar uma pandemia de Covid-19. O número de casos notificados não reflete a real prevalência de Covid-19 na população, pois está suscetível a uma série de limitações, tendo em vista que pessoas com sintomas mais graves apresentam uma maior probabilidade de realizar o teste. Para identificar a magnitude do problema, é necessário que se tenha dados de uma amostra representativa da população, e não apenas de pessoas mais prováveis de testar positivo para o vírus.

O objetivo do estudo é estimar o percentual de gaúchos infectados pela Covid-19; avaliar a velocidade de expansão da infecção; fornecer indicadores precisos para cálculos da letalidade e determinar o percentual de infecções assintomáticas ou subclínicas. O estudo também levanta dados sobre as práticas de distanciamento social dos indivíduos. Serão testadas e entrevistadas 36 mil pessoas ao todo, em oito etapas de coleta de dados. No estudo nacional, foram realizadas três fases de testes em 133 cidades no Brasil, entre 14 de maio e 24 de junho, com apoio do Ministério da Saúde. As fases seguintes estão em fase de estruturação. Acompanhe os resultados parciais.

Recursos investidos

R$ 1.500.000,00

Instituições

  • Universidade Federal de Pelotas
  • Temas
  • Coronavírus
  • Covid-19
  • estudo epidemiológico
  • pandemia
  • prevalência
  • UFPeL
  • vírus