Daniel Valente

Física

O físico Daniel Valente se formou na Universidade Estadual de Campinas, onde também fez o mestrado em física. Seu doutorado ocorreu na Universidade de Grenoble, na França, país onde também fez estágio de pós-doutoramento, no Centre National de la Recherche Scientifique e na École Normale Supérieure de Paris. Ele destaca que, fora das bibliotecas e laboratórios, seu “esporte” favorito é a pizza, seguida de uma taça de um bom vinho. Suas outras paixões incluem dedilhar o violão e pedalar sua bicicleta por Cuiabá, cidade onde vive atualmente. Professor adjunto do departamento de física da Universidade do Mato Grosso, Daniel Valente costuma aproveitar o frescor de Chapada dos Guimarães, aliviando as saudades do clima ameno de Juiz de Fora, onde nasceu.

Projetos

Princípios físicos do comportamento vivo
Ciência / Física

Imagine um rio. A água do rio é composta por incontáveis partículas, de trajetórias imprevisíveis. O conjunto de partículas, porém, tem uma direção preferencial: a do fluxo do rio. Imagine agora um peixe nadando neste rio. O peixe é composto por outras incontáveis e agitadas partículas, cada uma percorrendo uma trajetória também imprevisível. Coletivamente, participam de uma orquestração ordenada, que permite ao peixe nadar e manter sua forma. Estes movimentos ordenados consomem energia: gravitacional, no fluxo do rio, e química, no peixe. A analogia entre a água do rio e o peixe sugere um princípio unificador, capaz de explicar o comportamento vivo tal qual prevê o fluxo de um rio. Que princípio é esse? É possível abarcar a evolução das espécies a longo prazo, sem similar em sistemas não vivos? Este projeto objetiva buscar respostas na física para este tipo de problema, em particular na área de sistemas dissipativos fora do equilíbrio termodinâmico.

Recursos investidos

R$ 100.000,00

Instituições

  • Universidade Federal do Mato Grosso
  • Temas
  • comportamento vivo
  • sistemas dissipativos