Igor Dantas Miranda

Ciência da Computação

Igor Dantas Miranda é engenheiro eletricista pela Universidade Federal da Bahia, onde também se graduou mestre em engenharia elétrica. Doutor em engenharia industrial pela UFBA, fez um pós-doutorado na universidade de Stellenbosch, África do Sul. Filho de um engenheiro e uma matemática, Miranda sempre gostou das exatas e aprendeu a programar um computador sozinho, na adolescência. Seu trabalho científico é uma investigação de supersensores pela combinação de vários sensores menores. 

O pesquisador se considera um africano do mundo e dedica as horas livres ao aprendizado da língua Yorubá. Nascido e criado em Salvador, o engenheiro também é professor nos cursos de engenharia elétrica e computação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. 

Projetos

Supersensores minimalistas: algoritmos e arquiteturas de hardware para arranjos de sensores de 1 bit
Ciência / Ciência da Computação

Diversos paradigmas tecnológicos prometem mudar a experiência humana em um futuro próximo, como a internet das coisas, a telemedicina e os dispositivos vestíveis. Para muitas dessas abordagens, serão necessários sensores que alcancem ou ultrapassem a capacidade humana de observação da realidade. Esses supersensores podem ser obtidos combinando vários sensores simples, da mesma maneira que telescópios foram associados para gerar a imagem de um buraco negro. No entanto, os sistemas que utilizam essa técnica são relativamente grandes e precisam processar muitos dados. Utilizando conceitos da matemática, da ciência da computação e da engenharia elétrica, o projeto proposto investiga formas de representar e processar os sinais de múltiplos sensores que possibilitem a criação de dispositivos de sensoriamento minúsculos e poderosos.

 

Recursos investidos

R$ 97.800,00

Instituições

  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (BA)
  • Temas
  • sensores
  • supersensores