João Batista Florindo

Ciência da Computação

João Batista nasceu no dia de São João Batista, santo de quem recebeu o nome. Foi num sítio, em uma família de origem rural. Para satisfazer o impulso de conhecer, João se familiarizou aos seis anos com o rádio amador, a única forma de comunicação acessível da época. Foi o primeiro da família a cursar universidade: ciências da computação na Universidade de São Paulo. Na mesma universidade seguiu para o mestrado em física computacional e o doutorado em física aplicada.

Além da computação, João adora cantar, inclusive em casamentos. Seu estudo tenta relacionar a teoria do caos com o desenvolvimento celular. Hoje ele é docente do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Universidade Estadual de Campinas.

Projetos

Uso da teoria do caos e análise de imagens para avaliar e prever a evolução de carcinomas severos
Ciência / Ciência da Computação

Sabe-se que a interação entre estruturas biológicas segue uma dinâmica complexa e altamente não-linear, sugerindo a teoria do caos como uma abordagem natural para seu estudo. Assim, propõe-se aqui o uso desta teoria para investigar relações entre a morfologia celular de tipos agressivos de câncer (como alguns carcinomas de pulmão) e seu desenvolvimento biológico. O projeto propõe que esta dinâmica seja analisada a partir de imagens microscópicas do tecido afetado, propiciando uma modelagem mais simples e flexível do que os modelos físicos clássicos. Algumas perguntas que pretende-se responder são: 1) Como características não-lineares da imagem se relacionam com o risco de desenvolvimento de câncer? 2) Como a evolução destas imagens no tempo relaciona-se com a evolução da doença e o efeito do tratamento administrado? Espera-se que os resultados obtidos aprimorem o diagnóstico e orientem a elaboração de terapias que melhorem a taxa de sobrevida e a qualidade de vida do paciente.

Recursos investidos

R$ 50.000,00

Instituições

  • Universidade Estadual de Campinas
  • Temas
  • carcinoma
  • diagnóstico
  • modelagem
  • teoria do caos