Mychael Lourenço

Ciências da Vida

Mychael Lourenço é biólogo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde também fez mestrado e obteve o título de doutor em genética. Durante o doutorado, ele foi pesquisador visitante na Columbia University, Estados Unidos. Hoje, além de professor assistente de neurociências na UFRJ, o pesquisador também é membro do Young Scientist Steering Committee da International Society for Neurochemistry.  Seu projeto se concentra no processo de síntese proteica de algumas células nervosas e a participação dessas proteínas na formação da memória. A pesquisa tem grande potencial não só no entendimento do funcionamento cerebral, mas também na criação de novas formas terapêuticas para recuperação da memória.  

Seu tempo livre é dedicado à leitura, principalmente de ficção, passando pelos clássicos até os escritores mais contemporâneos como García Márquez e Chico Buarque. Além os livros, ele aprecia o rock clássico, jazz e MPB, “sem muita moderação”. 

Projetos

Como a produção de novas proteínas contribui para o funcionamento do cérebro?
Ciência / Ciências da Vida

Nosso cérebro desempenha diferentes funções que nos ajudam a pensar, guardar memórias, projetar futuro, ter motivação, empatia e humor. Diversos níveis de regulação no cérebro – de modificações moleculares a alterações nos circuitos neurais – participam dessa variedade de respostas complexas. Há várias décadas sabemos que a produção de novas proteínas (síntese proteica) em neurônios é importante para estes fenômenos. No entanto, a contribuição relativa da síntese proteica em outros tipos celulares do cérebro ainda não foi muito estudada. A pergunta fundamental deste projeto é se a síntese proteica em astrócitos e em micróglias, dois tipos celulares cada vez mais implicados em funções complexas do cérebro, é importante para o estabelecimento de memórias e para o controle do humor. Buscaremos entender também se eventos que perturbam o bom funcionamento destas células e impactam a produção de novas proteínas podem tornar o cérebro mais suscetível a condições neurodegenerativas.

Recursos investidos

Grant 2021: R$ 700.000,00

Instituições

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro

Chamadas

Chamada 4
  • Temas
  • cérebro
  • proteínas