Doenças são a exceção e não a regra: Por que as plantas são imunes à maioria dos patógenos?

Ciência / Ciências da Vida

A maioria das plantas é resistente à maioria dos patógenos. Mesmo microrganismos que são devastadores a certas espécies de plantas normalmente falham ao colonizar outras. Esta observação é fascinante e levanta uma questão: como plantas naturalmente estabelecem resistência durável contra patógenos? O fenômeno em que todos os indivíduos de uma espécie são resistentes a todas às variantes de um determinado patógeno é denominado resistência de não-hospedeiro. Embora os princípios fundamentais do sistema imune vegetal tenham emergido nos últimos anos, mecanismos genéticos e moleculares da resistência de não-hospedeiro ainda são pouco conhecidos. Iremos investigar por que o patógeno do citrus Xanthomonas citri pv. citri é incapaz de infectar um painel de plantas não hospedeiras evolutivamente distantes para explorar a diversidade de mecanismos usados por plantas para limitar patógenos não adaptados. Esta pesquisa pode revelar fatores que determinam a especialização de hospedeiros em bactérias patogênicas.

Recursos investidos

1ª fase: R$ 100.000,00
2ª fase: R$ 1.000.000,00 (R$ 700.000,00 + R$ 300.000,00 de bônus opcional destinados à integração e formação de pessoas de grupos sub-representados na ciência)

Instituições

  • Universidade de São Paulo
  • Temas
  • bactérias
  • patógenos
  • sistema imune vegetal