Plantando uma Escola Viva Potiguara: diálogos interculturais conectando ecologia e revitalização da língua originária

Ciências da Vida

Buscamos conectar em nosso projeto: (i) experiências de comunicação e educação intercultural do Selvagem – Ciclo de Estudos sobre a Vida, (ii) projetos científicos sobre ecologia, ciências do solo, sustentabilidade e conhecimentos indígenas no estado da Paraíba e (iii) esforços de reconexão do povo Potiguara com sua língua originária. Propomos a produção de materiais de comunicação científica e educação a partir de oficinas estruturantes de uma Escola Viva Potiguara, inspirada por iniciativas existentes em uma rede de projetos de fortalecimento e transmissão dos saberes indígenas mantida pelo Selvagem e que incluem as Escolas Vivas Huni Kuin, Maxakali, Guarani Mbya e Tukano. O projeto se beneficiará da convivência de grantees do Serapilheira no litoral norte paraibano, onde fica a Terra Indígena Potiguara e o Campus IV da UFPB. Realizaremos oficinas promovidas por membros do Selvagem, que virão à Paraíba para produção de um Caderno com foco no processo de transformação biocultural da Terra Indígena Potiguara, ligando a restauração da biodiversidade e dos ecossistemas e o processo de resgate cultural alavancado pela reconexão com a língua originária

Recursos investidos

Grant 2023: R$ 30.000,00