Instituto Steve Biko

Diversidade na ciência

Comandado por Lázaro Passos Cunha, o Instituto Cultural Steve Biko foi fundado em 1992, por iniciativa de professores e estudantes negros e negras que – de forma pioneira – criaram o primeiro curso pré-vestibular voltado para negros no Brasil. O instituto surge, então, buscando a inserção dos negros no espaço acadêmico como estratégia para sua ascensão social e o combate à discriminação racial.

Projetos

Oguntec
Ciência / Diversidade na ciência

O Programa Oguntec, idealizado e conduzido pelo Instituto Cultural Steve Biko, promove um curso preparatório em que desenvolve conteúdos técnicos necessários ao ingresso acadêmico nas carreiras de ciência e tecnologia. Como suporte, a iniciativa ofertará em 2021 30 bolsas de Iniciação Científica Júnior para estudantes do Estado da Bahia durante o período de 24 meses.

O projeto marca a parceria do Instituto Serrapilheira e Instituto Ibirapitanga na promoção do fortalecimento, desenvolvimento e popularização da ciência, tecnologias e inovação entre a juventude negra baiana. 

 

 

Recursos investidos

Grant 2021: R$ 500.000,00

Instituições

  • Instituto Cultural Steve Biko