CIÊNCIA

Chamada Pública n° 3 - 2019

Resultado final | veja a lista de selecionados:

Ciência da computação

Rodrigo Barros
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (RS)

IA para o bem-estar social: construção de redes neurais justas, explicáveis, resistentes a fatores de confusão e com supervisão limitada

 

Ricardo Cerri
Universidade Federal de São Carlos (SP)

Evolução automática de redes neurais profundas

 

Igor Dantas dos Santos Miranda
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (BA)

Supersensores minimalistas: algoritmos e arquiteturas de hardware para arranjos de sensores de 1 bit

 

Ciências da vida

Cecilia Andreazzi
Fundação Oswaldo Cruz (RJ)

Ecologia de meta-comunidades de doenças: movendo do efeito diluidor para paisagens diluidoras

 

Frederico Henning
Universidade Federal do Rio de Janeiro (RJ)

A evolução é previsível? Sobre as causas proximais da convergência evolutiva e suas relações com a origem da biodiversidade

 

Ricardo Martinez Garcia
ICTP – Instituto Sul-Americano para Pesquisa Fundamental/ IFT-UNESP (SP)

Compreendendo a ecologia e evolução de comportamentos sociais microbianos em ambientes turbulentos: cooperação como um estudo de caso

 

Tiago Gräff
Fundação Oswaldo Cruz (BA)

Identificação de vírus neuroinvasivos em casos de encefalite aguda no nordeste do Brasil

 

Fabio Gomes
Universidade Federal do Rio de Janeiro (RJ)

Efeito de malnutrição em vertebrados na competência vetorial de Aedes aegypti

 

Danilo Neves
Universidade Federal de Minas Gerais (MG)

Evolução de nicho em biomas tropicais e suas consequências

 

Vania Pankievicz
GoGenetic (PR)

Entendendo o papel do microbioma no fluxo de nitrogênio de solos sustentáveis, acoplando sequenciamento de DNA e estudo de isótopo estável 15N

 

Angelica Vieira
Universidade Federal de Minas Gerais (MG)

Alterações na microbiota intestinal contribuem para a seleção e disseminação de resistência antimicrobiana

 

Eduardo Zimmer
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (RS)

As origens da vulnerabilidade e resistência à neurodegeneração em mamíferos

 

Física

Farinaldo Queiroz
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (RN)

O Universo é escuro

 

Alexandre Bergantini de Souza
Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (RJ)

Investigação em laboratório sobre a síntese de moléculas orgânicas complexas por radiação ionizante no meio interestelar

 

Daniel Valente
Universidade Federal de Mato Grosso (MT)

Princípios físicos do comportamento vivo

 

Geociências

Fabricio Caxito
Universidade Federal de Minas Gerais (MG)

Projeto MOBILE: cadeias de montanhas e o aparecimento de vida complexa na Terra

 

Fernanda Gervasoni
Universidade Federal de Goiás (GO)

Voláteis e sua influência no manto terrestre abaixo da região Centro-Oeste do Brasil registradas em inclusões de minerais primários e acessórios em rochas alcalinas

 

Renata Nagai
Universidade Federal do Paraná (PR)

O passado do Oceano Atlântico Sudoeste e perspectivas sobre as mudanças climáticas futuras

 

Matemática

Matías Delgadino
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (RJ)

Descrições estatísticas de longo tempo de sistemas de partículas em interação e flutuações em torno de seu limite termodinâmico

 

Jethro van Ekeren
Universidade Federal Fluminense (RJ)

Teoria de representações de álgebras de vértices

 

María Amelia Salazar
Universidade Federal Fluminense (RJ)

Grupóides e algebróides de Lie: teoria estrutural e aplicações

 

Química

Taicia Fill
Universidade Estadual de Campinas (SP)

Resgatando a citricultura brasileira do greening: uma estratégia para desarmar o vilão

 

Murilo Santhiago
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (SP)

Compreendendo defeitos químicos no plano basal de materiais 2D em direção a reação de evolução de hidrogênio

Edital

Chamada Pública n° 3

O objetivo desta Chamada é apoiar o desenvolvimento da carreira de jovens cientistas que, em busca da construção ou consolidação de suas agendas de pesquisa, proponham grandes perguntas em suas áreas.

Tipo de pesquisa que vamos apoiar

O Serrapilheira vai apoiar exclusivamente projetos de pesquisa fundamental, que dizem respeito às perguntas “como, quando e por quê”, não às perguntas utilitárias (“para que serve”).

Áreas apoiadas

O Serrapilheira vai financiar projetos que contribuam para o conhecimento fundamental em: ciências naturais, matemática e ciência da computação. No entendimento do instituto, as ciências naturais são todas as ciências que indagam a natureza, tentando compreendê-la em seus aspectos mais gerais e essenciais. As ciências naturais incluem, prioritariamente: as ciências da vida, física, geociências e a química.

Propostas interdisciplinares nessas áreas são igualmente bem-vindas.

Datas importantes

Lançamento da Chamada
18 de setembro de 2019

Início envio de propostas
18 de novembro de 2019

Prazo final para envio
18 de dezembro de 2019

Divulgação dos aprovados
29 de maio de 2020

Início do apoio
julho de 2020

Para baixar

Português

English